Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

 

NILMAR, ex-atacante do Santos-SP, Al Nasr-Emirados Árabes Unidos, Al-Jaish-Qatar, Al Rayyan-Qatar, Villarreal-Espanha, Seleção Brasileira, ex-Internacional-RS, Lyon-França, Corínthians-SP e Matsubara-PR.

nilmarselecaobrasileira10

 

Nilmar Honorato da Silva, o Nilmar nasceu no dia 14/07/1984 na cidade de Bandeirantes no Paraná.

Foto: Reuters

globoesporte.globo.com

Aqui Nilmar em 2009 após fazer um gol pela Seleção Brasileira.

Matsubara-PR


Começou sua carreira de atacante no Matsubara de Cambará no Paraná.

À direita Nilmar com a camisa do Villa Real da Espanha.

Internacional-RS

Logo despertou interesse do Internacional de Porto Alegre que o levou para jogar no Colorado em 1999, ficando até 2001 jogando pelas categorias de base.

Em 2002 já estava nos profissionais, mas Nilmar teve sua primeira chance como profissional em 15 de março de 2003, no Internacional de Porto Alegre, quanto tinha apenas dezoito anos.

A partir de então, começou a ter destaque e obter seu espaço no ataque colorado.

Em 2004, foi campeão Gaúcho com o Inter, sendo o artilheiro da equipe.


No Inter ganhou os apelidos Nilmaravilha e Menino do Beira-Rio.

 

Lyon-França


Em 30 de agosto de 2004, Nilmar foi negociado com o Lyon, da França, por €5,75 milhões.

O atacante foi contratado para ocupar a vaga deixada pelo também brasileiro Giovane Élber, que havia deixado o clube.

Apesar de Nilmar não ter conseguido se adaptar ao futebol europeu e ter tido chances reduzidas no time, seu início no Lyon foi muito bom.

Marcou dois gols em sua estreia, como substituto contra o Rennes, no entanto, ele não marcou mais nenhum gol na Ligue 1 desta temporada.

Na temporada, foi titular em apenas sete partidas na Ligue 1 e marcou somente duas vezes.

Na UEFA Champions League 2004/05, ajudou sua equipe a chegar às quartas-de-final, marcando quatro gols em nove jogos.

O retorno ao Brasil


Sem sucesso em sua passagem pelo Lyon, Nilmar desejava voltar ao Brasil para sonhar com uma nova convocação à Seleção Brasileira.

Corínthians-SP

Em 23 de agosto de 2005, acerta empréstimo com o Corinthians, com duração de um ano.

Aqui Nilmar treinando no Corínthians em 2005.

 

Após o período de empréstimo, pelo qual pagou €1,5 milhão, a parceria entre Corinthians e MSI teria a prioridade de compra do atacante no valor de €5,5 milhões.

Nilmar foi um dos destaques da campanha corintiana que conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 2005.

Ao lado de Carlitos Tevez, formou uma dupla de ataque considerada infalível, a que mais marcou gols ao fim do campeonato.

No retorno do Campeonato Brasileiro de 2006 após a Copa do Mundo, sofreu uma contusão no joelho direito no jogo contra o Palmeiras, tendo que ficar afastado dos gramados durante seis meses.

Na sua segunda volta aos gramados, ainda um pouco brigado com a diretoria do Corinthians, o jogador voltou a sofrer uma lesão no joelho, agora no esquerdo, o que o impossibilitou de disputar boa parte do Campeonato Brasileiro de 2007.

Em 17 de agosto de 2007, a Justiça do Trabalho anulou o contrato de Nilmar com o time do Parque São Jorge.

 

O retorno ao Internacional


Em 13 de setembro de 2007, o atacante acertou seu retorno ao Sport Club Internacional, com contrato de quatro anos.

Reestreou pelo time colorado quase dois meses depois, em partida contra o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

Mesmo tendo atuações de destaque nas partidas finais do Brasileirão 2007, Nilmar só voltou a marcar pelo colorado em 2008.

Na final da Dubai Cup, contra a Internazionale, o atacante acertou uma bicicleta que garantiu a vitória por 2 a 1 e o título do torneio para o Internacional.

No dia 3 de dezembro de 2008, Nilmar ajuda o Internacional marcando, na prorrogação, o gol que deu ao clube o inédito título da Copa Sul-Americana, feito, até então, jamais alcançado por outro clube brasileiro.

Ao lado do também colorado Alex, foi o artilheiro da competição, com cinco gols.

Pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2009, na partida entre Corinthians e Internacional, jogando pela equipe de Porto Alegre, o atacante marcou um gol antológico, driblando vários zagueiros adversários.

As boas atuações pelo Inter lhe renderam o retorno à seleção brasileira, após seis anos.

Destacando-se pelo Inter, Nilmar chamou a atenção de vários clubes europeus, e parecia claro que o atacante brasileiro retornaria ao futebol do velho continente.

 

O retorno à Europa

Villarreal-Espanha

Nilmar em sua apresentação no Villa Real da Espanha.


Em 24 de julho de 2009, o Villarreal CF, da Espanha, anunciou a contratação do atacante.

O Villareal desenbolsou cerca de R$44 milhões pelo atleta, com contrato firmado é de duração de cinco anos.

Segundo o presidente do clube, Fernando Roig, Nilmar foi "o maior investimento realizado pelo clube".

O atacante também agradeceu ao torcedor do Internacional e disse que deu um "passo importante na carreira".

O jogador foi apresentado como novo jogador do submarino amarelo, em 31 de julho de 2009.

O jogador admitiu que "sabe que a responsabilidade é maior, mas que confia em que jogará bem como no Brasil".

Aqui Nilmar comemorando gols pelo Villa Real

Nilmar também completou dizendo na ocasião: "O futebol espanhol sempre me atraiu, é muito parecido com o brasileiro, se toca muito a bola, é muito técnico e se joga com velocidade. Agora vou realizar o sonho de jogar na Espanha".

Estreou pelo Villarreal em 7 de agosto de 2009, em amistoso contra a Juventus, marcando um dos gols na vitória por 4 a 1 sobre o time de Turim.

 

 

Seleção Brasileira

Kaká e Nilmar pela Seleção Brasileira.


Em 1 de julho de 2003, o jogador foi convocado pelo técnico Ricardo Gomes para a seleção que iria à Copa Ouro naquela época e, por opção do treinador, foi composta apenas por jogadores com menos de 23 anos de idade.

A convocação foi resultado de suas boas atuações ao lado do companheiro de ataque Daniel Carvalho.

As boas atuações pelo Inter lhe renderam o retorno à seleção brasileira em 2009, após seis anos desde a sua última convocação.

No dia 21 de maio de 2009, o técnico da Seleção Brasileira, Dunga, convocou Nilmar para os jogos pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010 e para a Copa das Confederações de 2009.

No dia 10 de junho de 2009, jogando no Recife contra o Paraguai, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, Nilmar marca o segundo gol da seleção brasileira, garantindo a vitória sobre o rival sul-americano por 2-1.

nilmarcampeaodacopadasconfederacoesselecaobrasileira

 

Com a seleção brasileira já classificada para a Copa e com Robinho e Luis Fabiano ausentes, Nilmar ganhou uma chance como titular e não decepcionou, tornando-se o primeiro jogador brasileiro a marcar três gols num mesmo jogo de eliminatórias, na vitória brasileira por 4-2 sobre o Chile, no dia 9 de setembro de 2009, no estádio de Pituaçu, em Salvador.

Nos últimos meses de 2009, Nilmar conseguiu a façanha de marcar seis gols em quatro partidas seguidas pela seleção brasileira, sendo a última delas contra Omã, sendo assim, este número ainda pode ser aumentado.

É um dos fortes candidatos na briga por uma vaga de atacante titular da seleção canarinho na Copa do Mundo 2010, tendo Robinho como seu maior adversário na posição.

Sua convocação por parte do técnico Dunga para a Copa, que será realizada na África do Sul, é considerada como certa.

Estatísticas
Até 30 de Novembro de 2009.

Gols pela Seleção Brasileira nos seguintes jogos:

1. 16 de Agosto de 2004 Porto Príncipe, Haiti - Brasil 6 x 0 Haiti Vitória Amistoso
2. 10 de Junho de 2009 Recife, Brasil - Brasil 2 x 1 Paraguai Vitória Elim. Copa 2010
3. 9 de Setembro de 2009 Salvador, Brasil - Brasil 4 x 2 Chile Vitória Elim. Copa 2010 ( Fez 3 gols no jogo)

6. 11 de Outubro de 2009 La Paz, Bolívia - Bolívia 2 x 1 Brasil Derrota Elim. Copa 2010
7. 14 de Novembro de 2009 Doha, Qatar - Brasil 1 x 0 Inglaterra Vitória Amistoso
8. 17 de Novembro de 2009 Mascate, Omã -Omã 0x2 Brasil Vitória Amistoso

 

Quem já marcou três ou mais gols pela Seleção


O atacante Nilmar, ex-Inter e Corinthians e atualmente no Villarreal-ESP, entrou para a história da Seleção Brasileira com os 3 gols anotados contra o Chile, na vitória por 4 x 2.

Marcar 3 gols em um único jogo do Brasil não é novidade, mas também é um feito para pouco, já que mais de 1.000 jogadores já vestiram a camisa amarelinha.

 

Em Eliminatórias, Nilmar igualou o feito de grandes craques como Tostão, Zico, Careca, Romário, Ronaldo e Adriano. Três deles, no entanto, foram melhores e fizeram 4 gols em um só jogo de Eliminatória (Zico, Careca e Romário).

Até hoje, o recorde de gols de um jogador em um único jogo da Seleção é de Evaristo de Macedo. Em 1957, pela Copa América, o ex-treinador fez 5 gols na goleada de 9 x 0 sobre a Colômbia.

Contra o Chile, um de nossos maiores freguêses, oito jogadores já conseguiram fazer o chamado Hat-Trick (termo em inglês usado para quem faz três gols num único jogo).

O primeiro deles foi Friedenreich, em 1919. Aliás, ele foi o primeiro a marcar 3 gols em uma única partida da Seleção Brasileira.

Também já marcaram contra o Chile: Pirillo (1942), Zizinho (1946), Didi (1957), Pelé (1959) e mais recentemente Adriano (2005) e Robinho (2007).

Pelé (7 vezes), Romário (5) e Zico (4), são os jogadores que mais vezes conseguiram marcar três ou mais gols em um só jogo da Seleção.

Confira abaixo a lista de quem já alcançou esse feito:

Jogador Gols Partida Data Competição


Nilmar 3 Brasil 4 x 2 Chile 09/09/2009 Eliminatórias
Luís Fabiano 3 Brasil 6 x 2 Portugal 19/11/2008 Amistoso
Robinho 3 Brasil 3 x 0 Chile 01/07/2007 Copa América
Adriano 3 Brasil 5 x 0 Chile 04/09/2005 Eliminatórias
Ronaldinho Gaúcho 3 Brasil 6 x 0 Haiti 18/08/2004 Amistoso
Adriano 3 Brasil 4 x 1 Costa Rica 11/07/2004 Copa América
Ronaldo 3 Brasil 3 x 1 Argentina 02/06/2004 Eliminatórias
Romário 4 Brasil 6 x 0 Venezuela 08/10/2000 Eliminatórias
Romário 3 Brasil 5 x 0 Bolívia 03/09/2000 Eliminatórias
Rivaldo 3 Brasil 4 x 2 Argentina 07/09/1999 Amistoso
Ronaldinho Gaúcho 3 Brasil 8 x 2 A. Saudita 01/08/1999 Copa das Confederações
É lber 3 Brasil 5 x 1 Equador 14/10/1998 Amistoso
Ronaldo 3 Brasil 6 x 0 Austrália 21/12/1997 Copa das Confederações
Romário 3 Brasil 6 x 0 Austrália 21/12/1997 Copa das Confederações
Romário 3 Brasil 4 x 0 México 30/04/1997 Amistoso
Ronaldo 3 Brasil 3 x 1 Lituânia 16/10/1996 Amistoso
Marques 3 Brasil 8 x 2 Gana 27/03/1996 Amistoso
Romário 3 Brasil 8 x 2 Honduras 08/06/1994 Amistoso
Raí 3 Brasil 4 x 2 Costa Rica 23/09/1992 Amistoso
Careca 4 Brasil 6 x 0 Venezuela 20/08/1989 Eliminatórias
Zico 3 Brasil 4 x 2 Iugoslávia 30/04/1986 Amistoso
Zico 3 Brasil 3 x 1 Bolívia 22/03/1981 Eliminatórias
Zico 3 Brasil 6 x 0 Paraguai 17/05/1979 Amistoso
Zico 4 Brasil 8 x0 Bolívia 14/07/1977 Eliminatórias
Tostão 3 Brasil 6 x0 Venezuela 24/08/1969 Eliminatórias
Tostão 3 Brasil 5 x0 Venezuela 10/08/1969 Eliminatórias
Pelé 3 Brasil 5 x 0 Bélgica 02/06/1965 Amistoso
Pelé 3 Brasil 3 x 2 França 28/04/1963 Amistoso
Pelé 3 Brasil 5 x 2 Argentina 16/04/1963 Copa Roca
Pelé 3 Brasil 3 x 1 Egito 01/05/1960 Amistoso
Paulo 3 Brasil 3 x 2 Paraguai 05/12/1959 Copa América Extra
Pelé 3 Brasil 7 x 0 Chile 17/05/1959 Taça Bernardo O’Higgins
Pelé 3 Brasil 4 x 1 Paraguai 29/03/1959 Copa América
Paulo Valentim 3 Brasil 3 x 1 Uruguai 26/03/1959 Copa América
Pelé 3 Brasil 5 x 2 França 24/06/1958 Copa do Mundo
Evaristo 5 Brasil 9 x 0 Colômbia 23/03/1957 Copa América
Didi 3 Brasil 4 x 2 Chile 13/03/1957 Copa América
Julinho 4 Brasil 8 x 1 Bolívia 01/03/1953 Copa América
Ademir Menezes 4 Brasil 7 x 1 Suécia 09/07/1950 Copa do Mundo
Ademir Menezes 3 Brasil 7 x 0 Paraguai 11/05/1949 Copa América
Nininho 3 Brasil 10 x 1 Bolívia 10/04/1949 Copa América
Zizinho 4 Brasil 5 x 1 Chile 03/02/1946 Copa América
Ademir Menezes 3 Brasil 9 x 2 Equador 21/02/1945 Copa América
Jair Rosa Pinto 3 Brasil 4 x 0 Uruguai 17/05/1944 Amistoso
Pirillo 3 Brasil 5 x 1 Equador 31/01/1942 Copa América
Pirillo 3 Brasil 6 x 1 Chile 10/01/1942 Copa América
Leônidas da Silva 3 Brasil 6 x 5 Polônia 05/06/1938 Copa do Mundo
Friedenreich 3 Brasil 6 x 0 Chile 11/05/1919 Copa América

 

Al Rayyan-Qatar

Nilmar é recebido como 'um dos melhores do mundo' no Al Rayyan
Atacante brasileiro desembarca no Qatar e ganha elogios dos dirigentes

Foto: Divulgação/Al Rayyan

globoesporte.globo.com

O atacante Nilmar desembarcou nesta quarta-feira em Doha, no Qatar, e foi recebido como uma estrela pelos dirigentes do Al Rayyan no aeroporto.

O ex-jogador do Villarreal ganhou flores, um cachecol do clube e elogios:

- Nilmar é um dos melhores atacantes do mundo. Jogou na Seleção do Dunga, em grandes clubes como Internacional e Villarreal. Eu acho que foi uma grande contratação para o nosso time, pois a equipe estava precisando de um jogador como Nilmar para reforçar o ataque - disse o diretor Al Shafi.

Convocado por Dunga para a última Copa do Mundo, Nilmar estava no Villarreal desde 2009, após passagens pelo Inter, Lyon e Corinthians.

O Colorado sonhava com o retorno do atacante, mas perdeu a concorrência para o clube do Qatar.

No Al Rayyan, Nilmar terá a companhia dos brasileiros Rodrigo Tabata, ex-Santos, e Afonso Alves, atacante que chegou a ser convocado

Foto: Fã Clube FCO Nilmar

 

Foto: Fã Clube Nilmar N9

 

Foto: Fã Clube Nilmar N9

 

Foto: Fã Clube Nilmar N9

 

Foto: Reuters

 

Foto: Reuters

globoesporte.globo.com

 

No dia 2 de janeiro de 2013 o atacante foi emprestado pelo Al-Rayyan, ao seu rival local, o Lekhwiya, para jogar uma única partida amistosa contra o Paris Saint-Germain.

Al-Jaish-Qatar

Em 2014, acertou com o Al-Jaish, do Qatar.

Rescindiu seu contrato em 31 de julho de 2014.

Retorno ao Internacional

Em 16 de setembro de 2014 foi contratado até dezembro de 2017 pelo Internacional, marcando sua terceira passagem pelo clube.

Al Nasr-Emirados Árabes Unidos

Em 30 de julho de 2015, Nilmar assinou contrato por duas temporadas com o Al Nasr dos Emirados Árabes Unidos.

Antes de acertar, o jogador também recebeu proposta do Cruz Azul do México.

Santos-SP 


Em 6 de julho de 2017, Nilmar assinou contrato até o fim de 2018 com o Santos.

nilmarnosantos1

 

Depressão
Em 16 de setembro, teve seu contrato com o Santos suspenso para tratamento de depressão. Os médicos acreditavam que o período de mais de 1 ano de inatividade no futebol do Oriente Médio poderia ter contribuído para os sintomas, já que uma das causas da depressão é a falta da produção de serotonina, noradrenalina e dopamina, substâncias produzidas pelo corpo durante a prática do futebol.

O Santos confirmou seu afastamento até que estivesse recuperado.

Pelo clube, o jogador disputou 39 minutos em 2 jogos.

nilmarnosantos2

 

Títulos de Nilmar


Seleção Brasileira


Mundial Sub-20: 2003
Copa das Confederações: 2009


Internacional


Campeonato Gaúcho: 2003, 2004, 2008 e 2009
Copa Sul-Americana: 2008


Lyon


Campeonato Francês: 2005-06
Troféu dos Campeões da França: 2005


Corínthians


Campeonato Brasileiro: 2005

 

 

 

 

Nilmar tem muitos fãs e recebemos fotos do Fãclube dele das fãs Anynha Honorato e Alini, confiram as fotos:

Aqui Anynha Honorato, Nilmar e Alini. Ele recebeu um quadro de presente das fãs. 

 

Na foto abaixo Anynha Honorato e a esposa de Nilmar.

Aqui Alini e Nilmar dando autógrafo para a torcedora do Internacional sua fã do Fã Clube

 

 

Aqui Anynha com Nilmar

 

 

Aqui Anynha deixa outro presente para Nilmar

 

E abaixo confiram as fotos que Marcelo Dieguez tirou de Nilmar quando ele esteve em Bandeirantes antes de ir para a Copa do Mundo na África do Sul.

Marcelo entregou a ele o cartão com o endereço do site e disse que já tinha feito a ficha da história de Nilmar, e logo que Nilmar puder, Marcelo quer fazer uma entrevista em vídeo com ele.

Nestas 2 fotos com Nilmar vemos Zica, o Tio do Alex ex-companheiro de Internacional

 

E o amigo e historiador Marcelo Dieguez. Fotos tiradas em Bandeirantes no dia 17/05/2010.

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

Nilmar sempre faz um jogo festivo no final do ano em sua cidade: Bandeirantes, O Jogo das Estrelas, e em 2010 pediu para que Marcelo Dieguez pudesse ajudar convidando jogadores da região do Norte do Paraná, e foi o que aconteceu: conseguimos levar 5 jogadores, o Alex ex-companheiro de Nilmar no Internacional de Porto Alegre, Guto ex-Vasco da Gama, Diego ex-goleiro do Fluminense, Douglas ex-zagueiro do Marília-SP e Jean que é jogador do Palmeiras-SP.

Aqui o time do Nilmar, Guto, Romildo, Jean, Vandinho e Douglas

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

Aqui a dupla de ataque Guto e Nilmar

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

Aqui Guto ex-Vasco da Gama, Marcelo e Nilmar

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

Também fizemos um Vídeo durante o  IV Jogo das Estrelas de Bandeirantes

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

Arquivos e Jogo das Estrelas e Encontro de Nilmar com Marcelo Dieguez;

Fã Clube Nilmar N9;

Fã Clube FCO Nilmar;

wikipedia;

acervo www.historiadordofutebol.com.br

 

 

 

Aqui Nilmar e Marcelo Dieguez

Foto= www.historiadordofutebol.com.br

 

 

 

 

 

"Nilmar, você faz parte da história do futebol, e eu Marcelo Dieguez, o historiador não vou deixar sua história ser esquecida".