Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

MARCELO PASSOS, ex-atacante do Santos-SP, Goiás-GO, Flamengo-RJ, São José-SP, Inter de Limeira-SP, Clube do Remo-PA, Beira Mar-Portugal, Náutico-PE, Sport-PE, Fortaleza-CE, Avaí-SC, M. Nazareth de Israel, América-RN, Ituiutaba-BA, Paraná Clube-PR, Campinense-PB, Londrina-PR e Portuguesa Santista-SP.

 

 

Marcelo Passos de Oliveira, o Marcelo Passos, nasceu no dia 02 de janeiro de 1971 na cidade de Guarujá no Estado de São Paulo.

Ele jogava como um meia que foi revelado pelo Santos no ínicio da década de 90 com status de promessa.

Polêmico, porém, o jogador não conseguiria muita projeção no decorrer da trajetória, e encerraria a carreira sem muito destaque.

Revelado nas categorias de base do Santos, Marcelo Passos passou a ser observado com atenção em virtude da boa qualidade dos seus lançamentos e da precisão das suas cobranças de falta e escanteios.

 

Assim, já no ínicio da sua carreira, era considerado uma das promessas do clube para a década de 90.

Primeira fileira: massagista Ari Jarrão, preparador de goleiros Barbirotto, preparador-físico Ridênio Borges, auxiliar-técnico Dé, técnico Antônio Lopes, preparador não identificado, Róbson, Velloso, doutor Carlos Braga, auxiliar de preparação física Rogério e enfermeiros Beraldo e Sílvio. Segunda fileira: Almir, Índio, Silva, Zé Renato, Marcelo Fernandes, Sérgio Manoel, Neizinho, Márcio Griggio, Gomes, Maurício, Nílton, Darci, Sérgio Santos e Cilinho. Sentados: Eduardo, Gallo, Júnior, Axel, Ranielli, Guga, Neto, Marcelo Passos, Ricardo Rocha, Lula e Cuca

Marcelo Passos foi para o Londrina Esporte Clube o LEC em 1993 para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B de 1994 e por lá fez sete gols, foi um período curto, mas marcante.

Pelo que temos anotado ele pertencia ao Santos, mas antes já havia sido emprestado ao Jabaquara (1991) e Inter de Limeira (1993), daí veio pro LEC em 93 e em seguida voltou pro Santos.

 

As expectativas santistas se concretizaram, e em 1995, Marcelo foi uma das principais peças do time que chegou a final do Brasileiro daquele ano, contra o rival do Fla, o Botafogo.

 

Naquela ocasião, Marcelo poderia enfim ter se consagrado, não fosse a vitória botafoguense, que em muito contou com a atuação desastrada da arbitragem.

 

Em 1996, as atitudes do jogador, que sempre foi considerado rebelde, o puseram fora do Santos temporariamente.

 

Marcelo seguiu por empréstimo para o Goiás, a fim de reencontrar o bom futebol.

Não conseguiu, e, no ano seguinte foi de Goiânia diretamente para o Rio de Janeiro.

Contratado pelo Mais Querido do Brasill por empréstimo.

Marcelo vinha para compôr um elenco que contava com nomes do calibre de Romário, Iranildo e Sávio, e talvez por isso não conseguiu se firmar.

Concorrente de Iranildo, que á época era conhecido como garçom de Romário, Marcelo não conseguia chances expressivas e apenas entrou como titular em duas partidas, das cinco disputadas.

Uma contra o Rio Branco AC e outra, esta a última com a camisa do Fla, contra o Vasco da Gama pelo Campeonato Carioca 1997.

Saiu do Fla antes do ínicio do Campeonato Brasileiro e voltou ao Santos, mas já não era mais o mesmo, e por isso, apenas terminou a temporada na Vila Belmiro, para em seguida, Marcelo Passos se tornar um cigano do futebol.

 

De 1998 quando saiu definitivamente do Santos até 2007 quando encerrou sua carreira, foram quase duas dezenas de clubes diferentes, e no currículo, além de times dos mais diversos estados brasileiros, Marcelo teve uma passagem pelo Beira Mar de Portugal e outra pelo M. Nazareth de Israel.

 

Para encerrar sua carreira, Marcelo voltou a Santos, no litoral paulista, entretanto, o clube escolhido não foi aquele que o revelou, e sim, a modesta Portuguesa Santista.

 

Histórico

Anos Time
1996 Goiás
1997 Flamengo
1997 Santos
1998 São José SP
1998 Inter de Limeira
1992-1996 Santos
1999-2000 Remo
2000 Beira Mar POR
2000-2001 Náutico
2001 Sport
2002 Fortaleza
2002 Avaí
2003 M. Nazareth
2003 América RN
2004 Paraná
2004 Náutico
2005 América RN
2005 Ituiutaba
2006 Campinense
2007-2008 Portuguesa Santista

 

Títulos

Santos

Vice-Campeão Brasileiro de 1995

Náutico

  • Campeonato Pernambucano: 2001

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

www.flamengo.com.br;

terceirotempo.ig.com.br

acervo www.historiadordofutebol.com.br

 

 

 

 

 

"Marcelo Passos, você faz parte da história do futebol, e eu seu amigo Marcelo Dieguez, O Historiador não vou deixar sua história ser esquecida".