Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

LUAN, ex-meia-esquerda do CRB de Alagoas, Vitória-BA, Corínthians de Alagoas, Brazilândia-DF, Ceilândia-DF, Real Brasil-SC e Marechal.

 


Luandysson Sérgio dos Santos, o Luan nasceu no dia 13 de abril de 1989 na cidade de Maceió no Estado de Alagoas.

Começou a carreira de meia-esquerda no CRB de Alagoas no ano de 2000.

Sua estréia foi jogando pelo Vitória da Bahia jogando bem aos 11 anos de idade, e com a queda do time da 3ª divisão houve dispensa e ele foi junto.

Voltou pro CRB-AL onde ficou dois anos.

Depois foi pro Corinthians Alagoano,e se profissionalizou.

Depois foi para Brasília e jogou no Ceilândia, Brazilândia e Real Brasil-SC.

 

 

Títulos:

2 Campeonatos Alagoanos;

1 Deodorense.

Medalhas e Troféus:

2 Troféus de melhor jogador e 23 medalhas de Troneios e Copinhas.

Luan fez gol em uma das finais do Campeonato Alagoano em que foi Campeão.

 

 

 

Confira abaixo a Entrevista completa que ele nos concedeu por e-mail:

banner5

1-Nome completo=Luandysson Sérgio dos Santos

2-Data e local de nascimento=13 de abril de 1989-Maceió AL

3-Posição=Meia esquerda

4-Onde e quando começou sua carreira=CRB-AL 2000

5-E como foi sua estréia=Estréia no Vitória-BA,jogando bem

6-Adversários que gostava de jogar=CSA-AL

7-Títulos=2 alagoano,1 deodorense

8-Medalhas e troféus=2 troféus de melhor jogador,23 medalhas de torneios e
copinhas.

9-Jogos inesquecíveis=Final candangão

10-Jogo que poderia ser esquecido=CRB x Cururipe,campeonato alagoano

11-Ídolos=Zidane

12-Você fez muitos amigos no futebol=Muitos

13-Tem contato com estes amigos=Tenho contato com vários,mas não com todos

14-Técnicos que trabalharam contigo=Guilherme CRB-AL,Carlinho Marechal

15-Alguma história engraçada=Na cobrança de pênalti,meu amigo ficou com dor de barriga e teve que ir no banheiro no meio do jogo...

16-Gols=17 profissional

17-Gol mais importante=Final campeonato alagoano

18-Gol mais bonito=Contra o gama,chute fora da área.

19-Mensagem=É difícil ser um atleta. É difícil treinar, treinar, treinar... e perceber que ainda falta muito. É difícil enfrentar a torcida adversária, e ainda mais difícil é enfrentar uma contusão. É difícil encontrar fôlego em certos momentos, e é muito difícil encontrar quem te dê fôlego. É difícil perder! E é difícil vencer! Mas para um atleta, só uma coisa é mais difícil: -não ser atleta. "Só um atleta sabe o seu esforço para atingir suas metas..." só ele sabe como é difícil alguém reconhecer o que ele passa para atingi-las...só um atleta sabe reconhecer que é um campeão a cada etapa vencida do seu treinamento. E uma vez atleta, dificilmente deixará de ser... Sua vida é e será uma competição, com o objetivo de alcançar e fazer sempre o melhor de si.

 

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

acervo www.historiadordofutebol.com.br;
Entrevista Exclusiva de Luan para O Historiador do Futebol;

 

 

Abaixo Luan posando para foto quando jogou o Campeonato Candango em Brasília-DF.

 

 

 

 

"Luan, você faz parte da história do futebol, e eu seu amigo Marcelo Dieguez, O Historiador não vou deixar sua história ser esquecida".