Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

flamengocampeaocarioca2020a

 

FLAMENGO CAMPEÃO CARIOCA DE 2020

 

Flamengo vence Fluminense e é o campeão carioca de 2020


Gol de Vitinho, já nos acréscimos, garantiu o 36º título do Estadual ao clube rubro-negro no Maracanã

 

flamengocampeaocarioca2020

 

O primeiro campeão estadual de 2020, ainda durante a pandemia da covid-19, foi conhecido nesta quarta-feira. O Flamengo se tornou bicampeão do Campeonato Carioca, após vencer o Fluminense por 1 a 0, no Maracanã.

O rubro-negro, que havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1 e jogava pelo empate, conseguiu um gol no final e tornou-se campeão pela 36a vez, o segundo de maneira consecutiva.

flamengocampeaocarioca2020b

 

Não tinha como o título não ficar com o Flamengo! Na noite desta quarta-feira, no Maracanã, o Rubro-Negro derrotou novamente o Fluminense e conquistou o bicampeonato carioca e o seu 36º título estadual, o maior vencedor da competição.

Na equipe de Jorge Jesus, Gabigol fechou a artilharia da competição com oito gols, mas ninguém pode esquecer de jogadores como o atacante Bruno Henrique, os meias Arrascaeta e Everton Ribeiro, o volante Gerson e o zagueiro Rodrigo Caio. Parabéns, Flamengo.

O Flamengo foi o primeiro que chegou ao gol adversário. Aos 12 minutos, Bruno Henrique foi lançado na velocidade, driblou Muriel, mas adiantou demais e precisou brecar. Ele, então, rolou a bola para trás na direção de Pedro, que chutou de primeira por cima do gol.

O Fluminense respondeu a altura. Aos 14, Evanílson recebeu ótima bola pela direita da área e bate à esquerda do gol de Diego Alves. A bola acertou a rede pelo lado de fora. Aos 25, após um bom passe por elevação, Nenê encontrou Marcos Paulo sozinho por trás da defesa do Flamengo. O camisa 11 chegou chutando de primeira por cima do gol de Diego Alves.
Em seguida, Willian Arão arriscou o chute do meio da rua e a bola passou perto da trave esquerda do gol de Muriel. Aos 36, o Flamengo teve outra boa chance. Bruno Henrique recebeu dentro da área, de costas para o gol, e rolou para trás, o zagueiro Leo Pereira chutou de primeira, mas a bola saiu fraca e Muriel não teve dificuldades.

A última boa chance do primeiro tempo foi do Flamengo. Grande jogada de Everton Ribeiro, que girou em cima da marcação e enfou uma bola milimétrica para Pedro. O atacante dominou dentro da área e finalizou cruzado para fora.

No começo do segundo tempo o rubro-negro foi obrigado a modificar. Com menos de 15 minutos, perdeu dos dois seus principais jogadores. Com dores na panturrilha direito, o lateral-esquerdo Filipe Luís deu lugar a Renê. Logo em seguida, Arrascaeta deixou o campo para a entrada de Michael.
O que se viu, porém, foi um jogo bem pior, com muito perde e ganha e diversos erros técnicos. O Fluminense tentou sangue novo. Ganso e Caio Paulista entram nos lugares de Yago e Evanilson. Porém, eles não conseguiram mudar o rumo da partida.

E, aos 49 minutos, Vitinho roubou a bola no ataque, carregou para a entrada da área e arriscou o chute de canhota. A bola desviou em Nino e encobriu Muriel, que já tinha caído para fazer a defesa.

Ainda deu tempo para uma enorme confusão. Michael pedalou para cima de Hudson, que não gostou e foi tirar satisfação com o atacante do Flamengo.

Logo após, o juiz apitou o final do jogo e o Flamengo chegou a quinta taça nos últimos dois anos.

flamengocampeaocarioca2020c

Créditos imagem: Thiago Ribeiro/Agif

 

 

Gabigol que ficou de fora da final, na premiação veste camisa e termina Carioca como artilheiro e principal assistente.

flamengocampeaocarioca2020gabigolartilheiro

Gabigol Flamengo x Fluminense Final Carioca 2020 Maracanã — Foto: Marcelo Cortes / Flamengo


Suspenso do segundo jogo da final, camisa 9 acompanhou partida em camarote, fez festa no fim e concluiu torneio com números expressivos

O principal jogador do Flamengo no Campeonato Carioca teve que assistir de camarote ao título rubro-negro. Mas Gabigol não deixou de vestir a camisa. Foi assim, uniformizado nos minutos finais, que viu seus companheiros garantirem a taça e encerrarem um torneio que rendeu ao atacante números expressivos: oito gols e oito assistências em 10 jogos.

 

O gol de Vitinho terminou por confirmar o título. Na festa no campo, lá estava Gabigol: de camisa 9 e calça jeans, comemorando com seus companheiros. No fim, aproveitou para tirar fotos com a taça e deixar um recado em suas redes sociais.

- Terceiro no ano. Obrigado Senhor, obrigado, família, e a todos do Flamengo. Deixa eu dar o papo? Segue tudo normal no RJ - escreveu o jogador.

Agora, Gabigol e o Flamengo voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro. O elenco ganhou folga e se reapresenta na terça-feira à tarde, para iniciar a preparação para a defesa de mais um título.

 

 

Veja os títulos por clube


Flamengo - 36 (1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979*, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017, 2019 e 2020)
Fluminense - 31 (1906, 1907*, 1908, 1909, 1911, 1917, 1918, 1919, 1924*, 1936*, 1937, 1938, 1940, 1941, 1946, 1951, 1959, 1964, 1969, 1971, 1973, 1975, 1976, 1980, 1983, 1984, 1985, 1995, 2002, 2005 e 2012)
Vasco - 24 (1923, 1924*, 1929, 1934*, 1936*, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993, 1994, 1998, 2003, 2015 e 2016)
Botafogo - 21 (1907*, 1910, 1912*, 1930, 1932, 1933*, 1934*, 1935*, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989, 1990, 1997, 2006, 2010, 2013 e 2018)
América-RJ - 7 (1913, 1916, 1922, 1928, 1931, 1935* e 1960)
Bangu - 2 (1933* e 1966)
São Cristóvão - 1 (1926)
Paissandu - 1 (1912*)


Observações
1907: Botafogo e Fluminense foram campeões
1912: Botafogo e Paissandu foram campeões
1924: Fluminense e Vasco foram campeões
1933: Bangu e Botafogo foram campeões
1934: Botafogo e Vasco foram campeões
1935: América-RJ e Botafogo foram campeões
1936: Fluminense e Vasco foram campeões
1979: Flamengo levantou as duas taças

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

www.agazeta.com.br

esporte.ig.com.br

extra.globo.com

acervo www.historiadordofutebol.com.br;

globoesporte.globo.com