Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 flamengocampeaobrasileiro2019a

 

 

Flamengo é Campeão Brasileiro de 2019

 

O Flamengo assegurou o título brasileiro no domingo, mesmo sem entrar em campo. Com a derrota do Palmeiras para o Grêmio por 2 a 1, em São Paulo, o Rubro-Negro soma 81 pontos e não pode ser mais alcançado por Santos e Palmeiras, que têm 68 cada, a quatro rodadas do fim da competição.

Como o jogo da 34ª rodada contra o Vasco havia sido antecipado para o dia 13, o Flamengo conquistou o Brasileirão sem nem entrar em campo. Faltando quatro jogos para cada equipe, o Rubro-Negro soma 13 pontos a mais do que Santos e Palmeiras.

Em 2 dias, 2 Títulos, um deles no sábado conquistando a Libertadores, e o  outro no domingo o Campeonato Brasileiro, o Flamengo é campeão brasileiro e se torna primeiro time desde 1963 a ganhar Nacional e Libertadores no mesmo ano.

flamengocampeaodalibertadores2019

 

 

Com os dois títulos, Rubro-Negro alcança feito que no país só havia sido obtido pelo Santos de Pelé.
Depois de ter sido campeão da Libertadores no último sábado, o Flamengo conquistou também o título do Campeonato Brasileiro neste domingo, com a derrota do Palmeiras para o Grêmio por 2 a 1. Com o feito, o Rubro-Negro se tornou o primeiro time desde 1963 a ganhar o Brasileiro e a Libertadores no mesmo ano.


A única equipe que obtivera tal feito havia sido o Santos, ao conquistar as edições de 1962 e 1963 da Taça Brasil - que ganhou status de Brasileiro após resolução da CBF em 2010 - e da Libertadores. Comandado por Pelé, o Peixe dominou o futebol do país naquela década e conquistou o status de um dos melhores times de todos os tempos.
Desde então, nenhum time do país conseguiu ganhar o maior título nacional e a Libertadores na mesma temporada.

Em 34 partidas até agora, o Flamengo venceu 25, empatou seis e perdeu três. A equipe tem os dois principais artilheiros da competição: Gabigol, com 22 gols, e Bruno Henrique, com 18. O Rubro-Negro não perde desde a 13ª rodada, quando foi derrotado pelo Bahia por 3 a 0. De lá para cá, foram 18 vitórias e três empates.

 

flamengocampeaodalibertadores2019a

 

Após conquistar a Libertadores, o Flamengo deixou Lima na madrugada do domingo,e chegou ao Rio pouco antes das 11h.

Do aeroporto, o time seguiu para o Centro, onde desfilou em trio elétrico por quase quatro horas. Logo após o início do jogo entre Palmeiras e Grêmio, o trio deixou a Avenida Presidente Vargas.

flamengocampeaobrasileiro2019c

 

 

No momento do apito final na Arena Palmeiras, os jogadores do Flamengo estavam no ônibus do clube no bairro do Recreio dos Bandeirantes, a caminho do Ninho do Urubu. Em festa, os atletas gritaram "É campeão" e "Volta pro trio".

 

Se conseguir mais um ponto nas últimas quatro rodadas, o Flamengo vai quebrar o recorde de melhor campanha da história do Brasileirão por pontos corridos com 20 clubes, formato que passou a ser adotado em 2006. O time já igualou a marca do Corinthians de 2015.


Nos últimos anos, a CBF adotou a medida de entregar a taça um jogo após a conquista do título. Em 2018, o Palmeiras foi campeão ao vencer o Vasco, em São Januário, na 37ª rodada, e levantou o troféu uma semana depois, na partida contra o Vitória, em casa.
Já na última conquista do Brasileirão pelo Flamengo, em 2009, o time só recebeu a taça na festa da competição. Depois da vitória sobre o Grêmio que garantiu o título na última rodada, os jogadores deram a volta olímpica com réplicas no Maracanã.

O Flamengo receberá a taça de campeão brasileiro de 2019 na próxima quarta-feira, depois do jogo contra o Ceará, no Maracanã. A partida, que começa às 21h30, terá casa cheia, uma vez que 52 mil ingressos já foram vendidos.

Flamengo receberá a taça do Brasileirão após o jogo contra o Ceará, na quarta, no Maracanã
Cerimônia de entrega do troféu será feita logo depois do apito final.

 flamengocampeaobrasileiro2019

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

globoesporte.globo.com,

uol.com.br,

Lucas Figueiredo/CBF,

Sergio Moraes/Reuters