Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

saopaulocampeaopaulistasub17em2019a

 

 

SÃO PAULO CAMPEÃO PAULISTA SUB17 2019

 

 

O São Paulo bateu o Palmeiras nos pênaltis por 7 a 6, após perder por 4 a 2 no tempo normal, e faturou o título do Campeonato Paulista Sub-17. Mas o jogo da tarde de hoje (20) no Pacaembu ficou manchado por uma briga antes da entrega da taça.

 

 

Rivalidade acirrada

As duas equipes sempre tiveram rivalidade acirrada nessa geração e fizeram outros jogos decisivos na temporada. O Palmeiras, por exemplo, ganhou a Copa do Brasil Sub-17 justamente sobre o São Paulo. Apesar de lances ríspidos e discussões na partida, nenhuma confusão foi registrada após a definição do resultado. Na final de hoje, os dois times contaram com os jogadores que foram campeões mundiais da categoria com a seleção brasileira no último domingo. A decisão foi para os pênaltis porque o São Paulo venceu o primeiro confronto por 2 a 0 e tinha a vantagem por um empate no placar agregado

 

saopaulocampeaopaulistasub17em2019

 

 

 

A final foi emocionante e recheada de polêmica, até mesmo fora de campo e acabou consagrando o São Paulo como campeão paulista sub-17 ao bater o Palmeiras, nos pênaltis, nesta quarta-feira, no Pacaembu. Depois de ser derrotado no tempo normal por 4 a 2, o Tricolor levou a melhor nos pênaltis e venceu o rival por 7 a 6, com direito a gol do título de campeão mundial. O ponto negativo foi a briga que tomou conta do gramado após a partida.

O Verdão entrou em campo com uma desvantagem de 2 a 0, que os são-paulinos conquistaram no Morumbi, na primeira partida da decisão. No entanto, os donos da casa reagiram diante da adversidade e conseguiram fazer 3 a 0 no placar, com dois gols de Gabriel Silva e um de Marcelinho.

No entanto, o São Paulo não se deu por vencido e conseguiu diminuir o marcador com Pablo, o que levaria a disputa para as penalidades. A situação, porém, durou pouco e novamente Gabriel Silva colocou o Palmeiras em vantagem, o que parecia ser o gol do título já no tempo normal.
A valentia do Tricolor foi recompensada pouco antes do apito final, quando Luizão aproveitou cruzamento e deixou o placar em 4 a 2. Vale destacar que durante todo o jogo a arbitragem polêmica chamou a atenção, o que também amplificou a rivalidade entre os times, que se provocaram a cada gol marcado, rendendo inclusive cartões vermelhos para o banco do Verdão.

Assim, a decisão foi para os pênaltis. Os palmeirenses acabaram desperdiçando duas cobranças, com João Pedro e Vanderlan, já os são-paulinos perderam apenas uma com Marquinhos, que foi parado pelo goleiro Bruno. A última batida do Tricolor ficou a cargo de Patryck, campeão mundial sub-17 com a Seleção Brasileira. O lateral-esquerdo não decepcionou e converteu.

Com o título conquistado, os garotos do São Paulo foram comemorar atrás de um dos gols do Pacaembu, no entanto os jogadores do Palmeiras não gostaram do tom da comemoração e partiram para a briga, outros funcionários do clube alviverde estiveram da confusão, que trouxe cenas lamentáveis ao estádio.

 

 

 

Publicado por: Murilo Dieguez

 banner5

Fonte de Pesquisa:

www.uol.com.br,

lance.com.br,